A arte de ser vulnerável

Por -

Vulnerável adj.m. e adj.f. Que tende a ser magoado, danificado ou derrotado; frágil. Que pode ser ferido por; destruído: construção vulnerável às alterações climáticas. (Etm. do latim: vulnerabilis)

- dicio.com.br (http://www.dicio.com.br/vulneravel/)

Segundo a definição do dicionário, ser "vulnerável" é algo que com certeza gostaríamos de evitar.


TL;DR: Como você vai ser vulnerável hoje?

Fraqueza

Se você observar atentamente vai notar que vulnerabilidade significa "exposição". Exposição a emoções, a outras pessoas, a rejeição, a riscos, etc. Vulnerabilidade é baixar a guarda podendo receber um aperto de mão ou um soco na cara.

Não existe nenhuma certeza de que haverá algo bom de ser vulnerável. E certamente é comum que, a primeiro momento, as pessoas interpretarem vulnerabilidade como fraqueza. Mas existe uma virtude implícita escondida na vulnerabilidade.

Assumir riscos

Para ser corajoso precisamos assumir riscos sem saber exatamente o que vai acontecer. A vulnerabilidade é o único caminho que leva para o próximo degrau, em direção ao novo, e as nossas escolhas. Ter coragem é ter a disposição para tentar algo novo e ver o que acontece. É estar vulnerável a coisas ruins que possam (e que com certeza vão) acontecer.

E é bem fácil enxergar a coragem nos outros. Admirando as pessoas que assumem os riscos que gostaríamos de assumir. Como se essas pessoas se lançassem ao novo com absoluta certeza que nada vai dar errado. Sim, é fácil enxergar dessa forma, existe até um nome para isso:

O Dictionary of Obscure Sorrows define "Socha" como: "a vulnerabilidade invisível dos outros. Sempre presente, ainda que invisível a distancia".

Essa definição existe exatamente porque isso é algo comum. Nossa percepção de vulnerabilidade quase sempre se aplica apenas em nós mesmos. Isso é algo humano e inevitável, porém conhecer e aceitar isso pode te ajudar a assumir mais riscos.

Coragem

Pense nas pessoas que você admira. Reflita sobre a exposição, julgamento, críticas, e risco de fracassar que precisaram enfrentar e o quão vulneráveis elas tiveram de ser para chegar onde chegaram.

Ter coragem é ser vulnerável.

"Não consigo encontrar um único ato de coragem que não seja completamente apoiado pela vulnerabilidade." - Dr. Brené Brown - O poder da vulnerabilidade (2010)

Conclusão

Dar a cara a tapa é um grande ato de coragem. Se você fizer o suficiente, eventualmente você vai falhar, faz parte. Só não deixe as falhas te impedirem de ser vulnerável outra vez.

"Failure is the key to success; each mistake teaches us something." -Morihei Ueshiba

Como você vai ser vulnerável hoje?